BaresCerveja ArtesanalNegóciosProdutos para revendaO custo para ter cervejas artesanais em seu estabelecimento é alto? Descubra como resolver!

18 de maio de 2017by Zehn Bier0

A venda de cervejas artesanais segue em crescimento exponencial em diversas regiões do Brasil. Visando proporcionar experiências únicas para os amantes de bebidas, cada vez mais empórios, bares e restaurantes tem oferecido a cerveja artesanal em seus cardápios e vitrines.

 

Essa tendência é impulsionada por diversas razões. Uma delas é preferência por produtos gourmets, que conquistaram definitivamente o público brasileiro com sua infinidade de sabores e texturas. De acordo com especialistas em hábitos de consumo, a classe A e B têm valorizado as cervejas artesanais e evitado as opções mainstream não só pela questão do paladar, mas também pelo desejo de experimentar novas marcas.

 

Apesar de sua ampla aceitação no mercado, a cerveja artesanal ainda assusta alguns donos de estabelecimentos devido ao seu alto custo. Seu preço de compra e revenda pode ser até 4 vezes maior que os valores das cervejas tradicionais. Para garantir uma boa lucratividade, é fundamental ter um bom contrato com fornecedores e um planejamento inteligente de retorno sobre o investimento.

 

Acompanhe as próximas informações e descubra como obter bons lucros com cervejas artesanais:

 

Entendendo os custos de produção da cerveja artesanal

 

Antes de pesquisar por produtores e fornecedores de cervejas artesanais, é fundamental compreender todos os aspectos envolvidos na precificação deste produto, que inclui importação de matérias-primas e tributações específicas.

 

Por ser produzida com insumos de alta qualidade, vindos quase sempre de países europeus, a elaboração da cerveja artesanal é naturalmente mais cara em relação à cerveja industrializada.

Outro aspecto que eleva o seu preço final é, sem dúvidas, o imposto, já que existem taxas municipais, estaduais e federais. Além disso, há tributos que afetam diretamente o revendedor como: COFINS, PIS, IPI, ICMS e ICMS-ST. Fatores adicionais como frete e quantidade de cerveja (volume de atacado ou varejo) também influenciam o preço de custo para quem pretende revender o produto.

Apesar de todas essas variáveis, a comercialização da cerveja artesanal é sempre uma excelente aposta para atrair novos consumidores e aumentar a margem de lucro do seu estabelecimento. Afinal, por ser um produto com valor agregado, os ganhos serão muito maiores em comparação às bebidas comuns.

Revendendo cervejas artesanais

Se o seu objetivo é revender cervejas artesanais, há duas opções: as grandes cervejarias – que trabalham com vários rótulos e estabelecem o valor de revenda da bebida – e as microcervejarias locais – que oferecem opções específicas de cervejas e apresentam custos menores em sua cadeia de distribuição.

Sem dúvidas, as parcerias com microcervejarias de sua região podem ser a melhor estratégia para aumentar as margens de lucro, oferecendo um mix diversificado de bebidas. Aliás, disponibilizar uma carta ampla de cervejas artesanais é fundamental para garantir a fidelização do público e o retorno constante em vendas, por isso, o fornecimento não deve ser limitado a apenas um rótulo ou marca.

Uma ótima alternativa para localizar seus possíveis fornecedores é participando de feiras de cerveja artesanal, realizadas anualmente em diversas regiões do país.  Assim, é possível falar diretamente com os produtores e estabelecer parcerias que sejam interessantes para o seu estabelecimento.

Lembre-se também de adquirir os volumes de cervejas com pagamento à vista para conseguir o maior desconto possível. Compras a prazo serão acrescidas de juros, que vão comprometer consideravelmente a sua lucratividade com as cervejas artesanais.

Colocando os custos no papel

Na hora de investir em cervejas artesanais, é importante calcular de forma realista os preços de revenda considerando não só o valor do custo, mas também alguns adicionais relacionados ao serviço de bar. Por exemplo, uma cerveja fornecida por R$ 7,00 terá acréscimos da energia utilizada para resfriá-la e de 10% da taxa de serviço. Portanto, o seu preço para o consumidor final não pode ser menor que R$ 12,00.

Além do cálculo correto do preço de revenda, é importante testar a aceitação de cada rótulo pelo público. Verifique mensalmente as cervejas mais vendidas e evite adquirir grandes estoques dos rótulos que têm pouca saída.  Assim, é possível manter uma alta rotatividade dos produtos e garantir um retorno mais rápido sobre o investimento.

O aumento do ticket médio com as cervejas artesanais

Ticket médio é um indicativo do valor aproximado que cada cliente gasta em seu estabelecimento. Esta métrica pode ser definida pelo total de vendas dividido pelo número de pessoas que realizaram as compras.  Por exemplo, se em um dia o seu bar faturou R$ 3.000 reais e passaram por ali 100 pessoas, significa que o seu ticket médio é de R$ 30,00.

Os donos de empórios, restaurantes e bares devem analisar constantemente essa métrica para planejar vendas cada vez mais rentáveis. Ao oferecer opções extras e itens mais caros, é possível aumentar o valor do ticket médio e, consequentemente, a lucratividade do estabelecimento.

A introdução das cervejas artesanais no cardápio é uma das melhores formas de aumentar o ticket médio, já que o produto possui um preço maior que o de bebidas convencionais e ainda desperta o desejo por experiências mais ricas e saborosas.

Por exemplo, em um bar onde o ticket médio é de R$ 30,00 — sendo que a maioria dos clientes pede chop comum e petiscos — a cerveja artesanal poderá aumentar para R$ 60,00 o valor deste ticket.  O segredo está em oferecer vários rótulos e estilos de cerveja, e harmonizá-las com pratos especiais.

Gostou deste artigo? Então, não deixe de compartilhá-lo nas redes sociais e conferir os outros conteúdos do nosso blog!

 

Você quer descobrir quais são as melhores e mais procuradas marcas de Cerveja Artesanal do Brasil? Então acesse aqui e descubra o que não pode faltar no seu estabelecimento!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/zehnbier/public_html/wp-includes/functions.php on line 3786