BaresCerveja ArtesanalPor que devemos evitar as bebidas produzidas em grande escala?

18 de maio de 2017by Zehn Bier0

A indústria de bebidas produz, todos os dias, milhares de litros de refrigerantes, cervejas e sucos artificiais que vão parar nas prateleiras dos supermercados e, posteriormente, nas geladeiras de nossas casas. Com cores e sabores atrativos, estes produtos acompanham as refeições diárias de muitas pessoas e já se tornaram “obrigatórios” na lista de compras.

Mas de acordo com nutricionistas e especialistas em alimentação saudável, as bebidas industrializadas não são inofensivas como muitos acreditam.  Embora sejam práticas e saborosas, estes produtos contêm uma série de aditivos químicos que fazem mal ao organismo, além da alta quantidade de açúcar e sódio que aumentam os riscos de doenças metabólicas.

Em uma análise de 23 mil produtos industrializados das maiores companhias alimentícias em todo o globo comprovou-se que menos de um terço dos alimentos vendidos em supermercados são classificados como saudáveis. O relatório foi encomendado pela ONG holandesa “Fundação Acesso à Nutrição”, que avalia diversos aspectos nutricionais em escala mundial.

A perigosa composição das bebidas industrializadas

Talvez você já tenha notado nos rótulos de refrigerantes e cervejas alguns nomes estranhos como “corante amarelo crepúsculo” e “benzoato de sódio”. Esses e outros aditivos têm a função de conservar, espessar, colorir, aumentar a durabilidade ou realçar o sabor da bebida.

Aliás, esses ingredientes são totalmente permitidos pela legislação brasileira, que admite até 12 categorias de aditivos: acidulantes, antiespumantes, antioxidantes, antiumectantes, aromatizantes, conservantes, corantes, adoçantes, espessantes, estabilizantes e umectantes. Basta dar uma olhada no armário ou na geladeira para encontrar esses componentes.

É consenso entre especialistas em saúde que os aditivos químicos podem causar uma série de desequilíbrios no organismo, como alergias, distúrbios digestivos, cálculos renais e até intoxicação. Evidentemente, a única forma de evitar esses problemas é substituindo os produtos industrializados por opções naturais, orgânicas e artesanais.

Bebidas artesanais x industrializadas

Diferente das bebidas industrializadas, as bebidas artesanais são produzidas em pequena escala, utilizando ingredientes naturais de alta qualidade. As receitas também seguem um padrão mais “caseiro”, eliminando qualquer aditivo químico ou substâncias processadas. Um ótimo exemplo comparativo é a cerveja. Ao contrastar as opções industriais e artesanais desta famosa bebida, é possível descobrir uma série de diferenças:

 

Cerveja industrializada: facilmente encontrada em supermercados e distribuidoras de bebidas, a cerveja industrializada é produzida em larga escala, visando atingir um grande número de consumidores. Sua composição possui 60% de malte, sendo que os outros 40% restantes incluem cereais não maltados ou carboidratos como arroz e milho. Ingredientes adicionais como antioxidantes, corantes e estabilizantes também são extremamente comuns neste tipo de cerveja.

 

Cerveja artesanal: encontrada apenas em empórios e lojas especializadas, a cerveja artesanal é produzida em escala reduzida, visando atingir um público selecionado e consumidores mais exigentes. Seus ingredientes são nobres e selecionados, e a maioria das receitas se baseia unicamente em quatro componentes: água, malte, levedura e lúpulo. O resultado é uma cerveja de alta pureza sem carboidratos de outras fontes.

 

A partir das variedades de lúpulos e leveduras, e distintos graus de tosta do malte, inúmeros sabores podem ser criados. É por isso que as cervejas artesanais são tão únicas e marcantes. Enquanto algumas têm notas frutadas ou adocicadas, outras são levemente ácidas ou amargas.  Quem escolhe a combinação é o mestre cervejeiro, que utiliza a sua criatividade para compor bebidas inesquecíveis no aroma e paladar.

 

 

As vantagens de reduzir as bebidas e outros produtos industrializados da dieta

 

Priorizar os alimentos artesanais, orgânicos e naturais pode ser a solução para quem deseja prevenir doenças e melhorar a saúde como um todo. Ao eliminar os excessos de açúcares, sódio e aditivos químicos da alimentação, é possível observar uma melhora significativa na disposição do corpo e da mente. Pessoas que decidiram seguir uma dieta sem produtos industrializados relatam os seguintes benefícios:

 

  • Menos dor de cabeça

 

Nem todo mundo sabe, mas os alimentos processados podem estimular dores de cabeça. Isso ocorre devido à reação inflamatória gerada por alguns aditivos químicos, que intoxicam rapidamente o organismo. Ao substituí-los por produtos naturais e artesanais, muitas pessoas notam a melhora de enxaquecas.

 

  • Mais energia

 

Produtos industriais ricos em xaropes de açúcar e carboidratos refinados causam quedas de energia e a sensação de cansaço. Em contrapartida, uma dieta rica em alimentos orgânicos e artesanais pode aumentar a energia e motivação, facilitando o desempenho físico e mental ao longo do dia.

 

  • Sem alterações de humor

 

Se você tem explosões de raiva ou momentos de tristeza sem motivo aparente, é hora de reeducar sua dieta. Diversos alimentos industrializados podem causar mudanças repentinas de humor devido a ingredientes tóxicos. O glutamato monossódico, por exemplo, favorece a depressão, enquanto alguns corantes predispõem à confusão mental.

 

  • Mais saciedade

 

Alimentos industrializados são absorvidos muito rapidamente pelo organismo devido à pobreza de nutrientes. Isso leva a sensação de fome quase constante, que favorece o aumento de peso.  Já os alimentos naturais e artesanais são ricos em nutrientes que dão a sensação de saciedade e controlam o apetite.

 

  • Melhor imunidade

 

Ingerir muitos alimentos industrializados prejudica o sistema imunológico, que perde a capacidade de combater vírus e bactérias devido à escassez de vitaminas. Ao adotar uma dieta rica em alimentos naturais, repletos de vitaminas e probióticos você rapidamente notará uma melhora em seu sistema de defesa.

Por fim, é importante ressaltar que a substituição de bebidas e alimentos industrializados por opções artesanais é mais simples do que parece.

Atualmente, o mercado brasileiro já disponibiliza uma série de marcas especializadas, que oferecem cervejas, refrigerantes, sucos, pães e outros produtos com composição “caseira” e diferenciada. Assim, basta procurar a versão artesanal de seus alimentos favoritos e verificar seus pontos de distribuição. Sua saúde agradecerá!

 

Você quer descobrir e aprender como fazer os melhores pratos para harmonizar com as suas cervejas artesanais? Então acesse aqui!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/zehnbier/public_html/wp-includes/functions.php on line 3786