BaresCerveja ArtesanalchurrascoNegóciosReceita para acompanhar uma cerveja no inverno!

10 de julho de 2019by Zehn Bier0

Qual cerveja combina com o inverno?

Descubra quais as mais indicadas, e ainda leve uma receita que vai harmonizar perfeitamente com a sua escolha!

Quer um Guia exclusivo para te ajudar a escolher o copo certo? Acesse aqui!

Não é preciso abrir mão da cerveja, se ela é sua bebida favorita, por conta da queda da temperatura.  Existem inúmeras variedades de cerveja cujo consumo é indicado para serem apreciadas nas épocas mais frias do ano. As cervejas, sobretudo as artesanais, oferecem uma diversidade de rótulos, com opções sazonais.

No outono e no inverno, as cervejas encorpadas, mais densas e aveludadas são quase um alimento. Resultam do malte torrado, com a presença de notas de café, chocolate, caramelo, especiarias, frutas, madeira, ou, aquelas de outras variedades de malte, trigo e cevada, que formam o sabor ideal para aquecer nos dias mais frios. O teor alcóolico elevado, que promove o aquecimento no corpo, é um fator decisivo para identificar as cervejas mais próprias para consumo no inverno e devem ser servidas entre 7ºC e 18ºC, ou seja, em temperatura mais próxima a do ambiente. Recomenda-se consumi-las em copos próprios, largos, com a boca mais aberta, taças bojudas, de modo a proporcionar uma melhor degustação do sabor e liberação dos aromas complexos. A taça de vinho é uma boa substituta para as específicas de cerveja.

A cor e o tipo da maturação da cerveja são ótimos indicativos para escolha daquela própria para consumo no inverno. Os maltes mais torrados, produzem cervejas cujos tons variam entre vermelhos, cobreados e até mais escuros e a maturação em barril é a mais indicada.

Todas as escolas cervejeiras possuem estilos que se adaptam melhor ao inverno, a seguir algumas delas:

Acesse aqui e descubra o copo ideal para consumir a sua cerveja artesanal!

Da escola alemã:

Bock:  é uma cerveja potente, encorpada, apresentando coloração que vai do marrom ao marrom muito escuro, aromas de maltes escuros e castanhas. A percepção de lúpulos é relativamente baixa e o amargor, mediano. Além disso, o teor alcoólico deste estilo gira em torno de 5% a 6%.

Doppelbock: cerveja “extra-fortes”, com uma carga pronunciada de malte que lhe garante sabor adocicado de caramelo e castanhas.

A escola inglesa:

Stout: Destaca-se pelo malte torrado, que produz aromas de café, chocolate e toffee.

A escola franco-belga:

Dubbel: Um dos estilos produzidos por monges trapistas. Apresenta notas de frutas secas, como uva-passa e ameixa, castanhas e caramelo

A escola americana:

American Barley Wine: O aroma e o amargor proveniente do lúpulo agregam ainda mais personalidade a este estilo, que também conta com notas amadeiradas, de caramelo e toffee.

Esses estilos costumam harmonizar com pratos de inverno, mais robustos e gordurosos como feijoada, carne de porco, cordeiro, carnes de caça em geral, massas e risotos. Sobremesas à base de chocolate, como o brownie, petit gateau, trufas; crème brûlée, strudel, torta de limão; queijos macios como o gouda, os azuis ou bem maturados e envelhecidos.

E não deixe de acessar o guia exclusivo de Copos para Cervejas Artesanais, clicando aqui!

A Zehn Bier Heller Bock, produzida em Brusque/SC é uma cerveja de sabor encorpado, aroma marcante, paladar de malte caramelo, espuma duradoura e coloração âmbar e ideal para harmonizar com a seguinte sugestão de cardápio: Ossobuco com polenta e sobremesa de Crème Brulée, se liga!

 

Ingredientes:

Para o ossobuco:

4 ossobucos (1 kg)

5 dentes de alho picados

2 colheres (sopa) de vinagre

1 colher (sopa) de molho inglês

1/2 colher (sopa) de folhas de tomilho

3 colheres (sopa) de azeite de oliva

1 cebola grande bem picada

340 g de molho de tomate

4 xícaras (chá) de água fervente

sal e pimenta-do-reino a gosto

 

Para a polenta:

1 xícara (chá) de fubá pré-cozido

4 xícaras (chá) de caldo de legumes

2 colheres (sopa) de manteiga

¼ xícara (chá) de parmesão ralado

 

Modo de Preparo

Tempere a carne com sal e pimenta a gosto, o alho, o vinagre, o molho inglês e o tomilho.

Em fogo alto, aqueça bem o azeite na panela de pressão e doure os ossobucos dos 2 lados (cerca de 10 minutos).

Acrescente a cebola e refogue até ficar macia. Adicione o molho de tomate e a água, tampe e, quando começar a apitar, abaixe o fogo e cozinhe por 30 minutos.

Retire a pressão para abrir a panela e verifique se a carne está macia. Ajuste o tempero e leve a panela destampada ao fogo para apurar o molho.

Para a polenta dilua o fubá no caldo de legumes e leve ao fogo médio, sem parar de mexer, até ferver e engrossar (se desejar a polenta mais firme, deixe engrossar bem). Adicione a manteiga e o queijo ralado, misture e verifique o sal.

 

Crème Brulée

Ingredientes:

5 gemas

350 ml de creme de leite fresco

100 ml de leite

⅓ de xícara (chá) de açúcar

1 ½ colher (chá) de extrato de baunilha

açúcar para caramelizar

 

Preparo:

Preaqueça o forno a 160°C.

Separe as claras das gemas.

Coloque as gemas na tigela pequena da batedeira. Junte o açúcar e bata em velocidade alta até obter um creme bem claro.

Adicione o creme de leite, o leite e a essência de baunilha e misture. Deixe a mistura descansar por 10 minutos. Enquanto isso, leve uma panela com água ao fogo alto. Ela será usada para o banho-maria.

Com uma colher, retire toda a espuma que se formou na superfície da mistura de gemas. Distribua o creme entre seis tigelas refratárias pequenas.

Arrume as tigelas numa assadeira retangular com água quente e leve  para assar em banho-maria. Deixe assar por 40 minutos.

Retire a assadeira do forno, deixe esfriar e leve à geladeira por no mínimo 6 horas.

No momento de servir polvilhe açúcar sobre toda a superfície do creme e caramelize com maçarico ou com as costas de uma colher quente.

E aí, o que achou?? Continue acompanhando o nosso blog e fique por dentro de tudo que rola de novidades sobre cervejas artesanais, harmonização, e muito mais!!!

Você quer melhorar a oferta de comidas para harmonizar com as cervejas no seu bar? Então se liga neste guia para saber o que oferecer e aumentar para aumentar o seu ticket médio!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *